Bahia

Solenidade encerra segunda edição do Programa Petrobras Jovem Aprendiz na Bahia nesta terça

Mais de 300 jovens de 12 cidades baianas participaram do projeto

Da Redação
- Atualizada em
Nesta terça-feira (24), será realizada a solenidade de encerramento da segunda edição do Programa Petrobras Jovem Aprendiz (PPJA) na Bahia. Nesta edição, 340 jovens baianos terminaram o curso de aprendizagem. O evento será realizado no Espaço Unique, a partir das 9h30, e contará com a presença de representantes dos familiares dos aprendizes, entidades parceiras, Petrobras e Governo do Estado.

Puderam participar do PPJA jovens com idade entre 16 e 22 anos, que não havia exercido atividade remunerada com carteira assinada até o ato da inscrição. Também eram requisitos para a participação estar cursando ensino médio na rede pública de ensino (com frequência comprovada) e, ainda, atender aos critérios de vulnerabilidade social exigidos em edital.

Com os objetivos principais de promover a qualificação do jovem para o mercado de trabalho e possibilitar o acesso à educação e à cidadania, o programa teve duração de 24 meses e ofereceu salário mínimo integral, vale transporte e refeição, 13º salário, e férias aos aprendizes das cidades baianas Alagoinhas, Araçás, Camaçari, Candeias, Cardeal da Silva, Catu, Entre Rios, Madre de Deus, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde e São Sebastião do Passé.

Durante o PPJA, os aprendizes baianos receberam um salário mínimo, 13º salário, vale-transporte, vale-alimentação, férias, FGTS e Previdência Social. Eles tiveram carteira de trabalho assinadas e trabalharam, de segunda a sexta-feira com jornada de quatro horas de trabalho. Os jovens totalizaram, no final da segunda edição, 460 horas de formação para a cidadania em instituições sociais parceiras, 532 horas de curso de iniciação profissional no Senai e 1.080 horas de vivência profissional na Petrobras.

Capacitação
Durante o programa, os aprendizes tiveram as seguintes opções de qualificação: Manutenção Mecânica, Eletricidade Industrial, Montador de Andaimes, Edificações, Pintura Industrial, Isolador Térmico, Soldagem, Suporte a Rede de Computadores e Auxiliar Administrativo. Além da capacitação, os jovens puderam obter informações sobre qualidade de vida, meio ambiente, direitos humanos, entre outras, e, para a qualificação.

Cidadania e qualificação profissional foram o foco da preparação dos jovens durante o primeiro ano. Já no segundo ano, eles tiveram a oportunidade de participar de uma vivência dentro das instalações da Petrobras.