Bahia

Vai para Itacaré? Confira cinco lugares fora da rota turística que você deve conhecer

Guia revela os lugares que todo visitante deveria conhecer

Guinho Santos* (guinho.santos@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Praias, restaurantes de dar água na boca, artesanato e muito cacau. Quem visita Itacaré, localizada a 249 km de Salvador, no sul da Bahia, se apaixona a primeira vista pelo charme que a cidade tem. O iBahia passou quatro dias por lá, a convite do Festival Sabores, que chegou em sua quarta edição.

Além de prestigiar o evento, conhecemos lugares encantadores de lá, com direito a trilha para quatro praias que deixam qualquer pessoa sem fôlego. São elas: Engenhoca, Hawaizinho, Camboinha e Itacarezinho. Durante o trajeto, surgiu uma dúvida no ar: e se quisesse sair literalmente do roteiro turístico para conhecer lugares que nem todo mundo indica? Aquele lugar que a gente não vê as pessoas comentando na internet?

Conversamos com nosso guia, Miquiba, responsável pela agência de turismo Bicho Preguiça, que nos indicou cinco locais que você deveria conhecer ao visitar Itacaré. Confira: 

- Centro Cultural Tribo do Porto

Foto: Tribo/Divulgação

O espaço, que nasceu em 2003, fica localizado no bairro Porto de Trás e reúne comida boa, aula de capoeira, dança contemporânea, aula de fotografia e um trabalho social que vale a pena conhecer;


- Passeio noturno

Foto: Mario Nogueira/Divulgação

Este momento promete ser incrível. Você sai de canoa, vê a luz do luar e a água brilhar a noite;


- Tia Deth

Foto: Reprodução/Facebook

É um restaurante muito bom e nativo, especializado em frutos do mar. Tem meia moqueca de peixe de R$ 33 e inteira saindo por R$ 55. O cardápio conta ainda com camarão na moranga, bobó de camarão e outros tipos de moqueca. Fica na Avenida Castro Alves, na orla.


- Não deixe de fazer o rafting

Foto: Ativa/Divulgação

Em Itacaré existem algumas empresas para aqueles turistas que curtem aventura. Entre elas a Ativa, que tem o rafting no Rio de Contas, além de rapel na cachoeira, tirolesa e pesca.


- Por último, você deve conhecer a fazenda Vila Rosa

Foto: Vila Rosa/Divulgação

O iBahia esteve na fazenda, um local de cultivo de cacau, com uma fábrica de produção de chocolate. O passeio conta com um guia que explica em detalhes a história do cacau, mostra passo a passo como é feito o chocolate e ainda apresenta um casarão de 1930, que hoje funciona como uma pousada que leva o nome da fazenda.

* O repórter viajou a convite da produção do Festival.