Bahia

Vale-alimentação estudantil será distribuído ao longo da semana em Salvador e mais cidades

O auxílio poderá ser usado durante o período de suspensão das aulas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O vale-alimentação estudantil começa a ser distribuído nesta segunda-feira (20), pelo Governo da Bahia, para 284 mil estudantes da rede estadual de ensino em Salvador e 21 cidades do interior do estado. A recomendação da Secretaria da Educação do Estado é para que o estudante, o pai, a mãe ou o responsável, cujo CPF está cadastrado na escola, procure evitar aglomerações como medida de proteção, diante do combate ao novo coronavírus, planejando a retirada dos alimentos ao longo da semana. O vale-alimentação poderá ser usado durante o período de suspensão das aulas. 

Parte dos estudantes receberá o benefício na Cesta do Povo e em suas lojas credenciadas, e parte, na Rede Assaí. A ida aos supermercados está orientada por escola. A lista com esta distribuição está disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). Na lista há também uma indicação para que o estudante vá, preferencialmente, à rede localizada mais próxima da sua escola. 

Horário de funcionamento

A rede Assaí funciona das 7h às 22h. A Cesta do Povo e as lojas conveniadas, na capital, abrem das 7h às 20h, e no interior, das 8h às 20. Por conta do decreto municipal de Salvador, os supermercados atendem, preferencialmente, aos idosos das 7h às 9h. 

O superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar da Secretaria da Educação, Manoel Calazans, chama a atenção para a ida planejada ao supermercado. “Somente deve ir uma pessoa por família, mesmo que sejam dois, três ou mais estudantes beneficiados. Orientamos que o beneficiado, antes de ir ao supermercado,  consulte seu nome na lista no Portal da Educação ou ligue para a escola em que estuda para ver qual é a loja do Assaí ou da Cesta do Povo e conveniadas onde fará a retirada dos alimentos. Só saia de casa com máscara de proteção e, nos supermercados, faça suas compras de forma rápida”, afirmou.   

Para a retirada do vale-alimentação e adquirir os produtos do mercado, o estudante deverá ir ao setor de atendimento ao cliente portando CPF e documento de identificação com foto. O vale é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, açúcar, café e leite, dentre outros. 

Supermercados 

A Rede Assaí está nos municípios de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro, Jequié, Ilhéus, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Guanambi, Serrinha, Senhor do Bonfim e Itapetinga. Em Salvador, as lojas Assaí ficam nos bairros de Paripe, Pau da Lima e Cidade Baixa.

No interior, a Cesta do Povo e as redes parceiras estão presentes nos municípios de Mata de São João, Simões Filho, Valença, Dias D´Ávila, Santo Estevão, Gandu, Santa Bárbara, Morro do Chapéu e Ituberá. Em Salvador, as lojas da Cesta do Povo ficam localizadas nos bairros de Mussurunga, Boca do Rio, Ogunjá, Castelo Branco, Marechal Rondon e Mata Escuta. 

Tanto na capital quanto no interior, a Cesta do Povo tem redes parceiras. Em Paripe é a Rede Mix que atenderá um grupo de escolas. Em Feira de Santana, Santa Bárbara e Santo Estevão, as redes parceiras da Cesta do Povo são a Bem Barato e a Olhos D’Água. Em Valença, Ituberá e Gandu, os estudantes devem se dirigir ao Megabom; em Morro do Chapéu, ao Super Pop I; e em Simões Filho, à Rede Mix.

Cartão alimentação

Para os estudantes que moram em municípios não atendidos por essas duas redes de supermercado, estão sendo feitos os cartões alimentação, que serão entregues diretamente aos estudantes pelas escolas. Quem ainda não tem o CPF informado no ato da matrícula deve fazer a atualização no sistema Siadiante, acessando o Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). Dúvidas também podem sanadas pelo telefone: 0800 284 0011.