Bahia

Vazamento: começa operação de limpeza de mancha de óleo em Madre de Deus

A Capitania dos Portos informou que recolheu material para análise, mas não foi divulgado prazo para o resultado

Da Redação
- Atualizada em
Uma equipe formada por representantes da Secretaria de Meio Ambiente de Madre de Deus e da Petrobras Transporte (Transpetro) iniciou neste domingo (17) pela manhã a operação de limpeza da mancha de óleo que atingiu uma área entre a Ilha de Paramana e a Baía de Madre de Deus, no Recôncavo Baiano.

A limpeza, segundo o secretário de Meio Ambiente de Madre de Deus, Antero de Souza Filho, tem sido feita com barreiras de contenção e mantas de material de alta absorção.

Segundo o secretário, que sobrevoou ontem a região, quando a camada de óleo é pouco espessa, é feita também a dispersão mecânica, que consiste em passar com lanchas no local para espalhar a substância. A Capitania dos Portos informou que recolheu material para análise, mas não foi divulgado prazo para o resultado. A origem da mancha não foi identificada.

Segundo José Lacerda, técnico do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), foram feitas inspeções no Terminal de Madre de Deus e na Refinaria Landulpho Alves, ambos da Petrobras, mas as duas instalações foram descartadas como ponto de origem do óleo, que vem afetando a atividade pesqueira na região, que tem extensa área de mangue. “Hoje nós não pescamos porque a pesca está com gosto de óleo”, disse à TV Bahia o pescador conhecido como Zé Tonel.