bbb

Projota diz que quer fazer parceria musical com Lucas e com todos os cantores do BBB21

Os ex-brothers se acertaram após a saída do reality show

Danilo Perelló, Agência O Globo

Depois de passar por uma experiência intensa na casa do “Big Brother Brasil 21”, Projota retoma sua carreira musical. O clipe de “Dia da caça”, que acaba de lançar, é o último do álbum “Tempestade numa gota d’água”, e teria vindo ao mundo em janeiro, não fosse a participação polêmica do rapper no reality show. Depois desse lançamento, já na semana que vem, o cantor volta ao estúdio, agora com nova bagagem para explorar num próximo projeto.

— O compositor precisa viver para fazer música. E eu tive um intensivo (risos). Foi uma vida em dois meses. O que não falta é experiência nova para colocar em música. As próximas canções vêm com uma carga de muitos sentimentos — antecipa Projota, que, no novo clipe, interpreta um personagem de jogo de luta de videogame no clipe lançado ontem: — (O vídeo) É sobre essa luta contra oponentes mais fortes, que no fim você perde. Fala muito do que é a nossa sociedade, principalmente de quem vem da periferia.

Na canção que aborda temas sociais, Projota cita o caso do assassinato de cinco jovens em Maricá, em 2018, depois de voltarem de um show do artista na cidade fluminense.

— Eu me vejo muito neles. Também promovia rodas de rimas, já fui parado e tive uma arma grudada na minha nuca. Podia ter sido eu 15 anos atrás — diz o cantor sobre o caso.

A batalha de rimas, aliás, foi travada dentro do “Big Brother Brasil 21” por Projota, junto com Lucas Penteado. E por falar nesse outro “muleque de vila”, a parceria dos dois na final do programa emocionou participantes e espectadores.

— No ensaio (para o show da final), conversamos sobre coisas que aconteceram lá dentro e foi ótimo. Pensamos em outros projetos de música juntos. Já temos até algumas ideias. Assim que tiver estruturado, vamos divulgar. Quero fazer música com todos os cantores da edição. Falamos lá dentro de fazer um festival só nosso. Pena que estamos na pandemia. Fiuk também já me convidou para fazer música — diz Projota, animado.

A passagem do artista pelo reality chamou atenção também por uma alimentação peculiar. Tanto que um dos patrocinadores do “No limite” o contratou para simular uma prova de comida com... lasanha! Mas, se tivesse no reality de sobrevivência mesmo, o ex-BBB — que ganhou o apelido de “Projócolis” por causa de um castigo do monstro e também por seu paladar difícil — aposta que iria enfrentar qualquer desafio.

— Não duvido nada de mim hoje. No “BBB”, achava que não estava bem fisicamente e fui bem nas provas. Eu comeria até queijo, olho de cabra e macarrão de minhoca no “No limite”! — afirma o rapper.