Brasil

À polícia, Neymar diz que assessores foram responsáveis pelo vazamento das imagens íntimas

Jogador afirmou não ter conhecimento técnico para unir o vídeo com o conteúdo das mensagens

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Durante o depoimento dado à polícia nesta quinta-feira (6), o jogador Neymar Jr. afirmou que os seus assessores foram responsáveis pelo vazamento das imagens íntimas da modelo no vídeo publico na Instagram. As informações são da TV Globo.

Foto: Reprodução/TV Globo
No vídeo publicado na rede social, Neymar nega que tenha cometido estupro e, em seguida, é divulgada a conversa que ele teve com Nájila Trindade. Em depoimento, o jogador contou que um integrante da assessoria e um técnico em informática foram os responsáveis por juntar o seu depoimento às mensagens que havia trocado com a modelo.

Neymar, que é investigado pela divulgação das imagens íntimas de Nájila, afirmou à polícia que não tinha conhecimento suficiente para realizar a postagem do vídeo com as mensagens.

O jogador admitiu que liberou a conversa, mas disse, em depoimento à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), que solicitou que preservassem as partes íntimas da modelo, mas houve um descuido e alguns trechos vazaram.

Neymar deverá apresentar o assessor e o técnico em informática que serão intimado a depor. Todos serão investigados pelo crime que prevê de um a cinco anos de prisão.

Orientado por três advogados, o atacante não precisou entregar seu aparelho celular à polícia. Ele apresentou ao delegado Pablo Sartori, que investiga o caso, todo o conteúdo das mensagens trocadas com a jovem que o acusa de estupro e um ata notorial para confirmar o vídeo.