Brasil

Ambulante lucra valor superior ao de um carro com venda de figurinhas da Copa

Ele montou seu ponto de venda em março, mês de lançamento do álbum do Mundial

Letycia Cardoso, da Agência O Globo

Todos os dias, na Rua Uruguaiana, no Rio de Janeiro, dezenas de pessoas se reúnem para trocar e vender figurinhas do álbum da Copa do Mundo da Rússia. E o ambulante X vem lucrando — e muito — com o negócio que virou uma febre nacional. Seguindo os passos do pai, que também era comerciante de rua, o rapaz — que prefere não se identificar por não ser um vendedor formalizado — começou a comercializar figurinhas de Copas aos 9 anos. Mas a brincadeira ficou séria quando percebeu que a atividade poderia ser extremamente lucrativa. Este ano, ele montou seu ponto de venda em março, mês de lançamento do álbum do Mundial. Para ter mercadoria suficiente, chegou a vender seu carro — um Corsa Classic 2007 — por R$ 14 mil, investindo todo o valor na compra das figurinhas.

— Já recuperei o dinheiro, comprei uma moto e estou ganhando lucro. Toda Copa eu faço isso, mas é um investimento de risco — avaliou.

A aposentada Edna Cardozo prefere comprar figurinhas para os netos na Uruguaiana a adquirir pacotes nas bancas de jornais. Segundo ela, na compra às cegas, a chance de tirar cromos repetidos é enorme. Mas, comprando exatamente os números de que precisa, ela gasta muito menos. Já o servidor público Alexandre Oliveira prefere trocar em vez de comprar as que faltam:

— Se eu tiver uma repetida, trago para trocar. Se o colega não tiver nenhuma do meu interesse, mas precisar da minha figurinha, eu a repasso gratuitamente. É uma forma de movimentar o mercado, e todo mundo completar o álbum.

A assistente administrativo Andreia Barbosa tomou conhecimento do ponto de trocas de figurinhas por intermédio de uma amiga e ficou surpresa com a quantidade de pessoas reunidas na Uruguaiana durante o almoço, mesmo horário em que o advogado Alexander Sandrini costuma frequentar o local:

— Isso aqui virou uma grande comunidade. Vim oito vezes e, agora, só faltam três figurinhas brilhantes. Mas vou continuar vindo para ajudar os amigos a completarem os álbuns.