Brasil

Assédio no BBB: Delegada conta que Petrix 'não reconheceu malícia'

Na última semana, Petrix Barbosa foi à delegacia prestar depoimento sobre acusações de assédio

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última semana, Petrix Barbosa foi à delegacia prestar depoimento sobre acusações de assédio no BBB 20. No entanto, ao UOL, a delegada Catarina Noble relatou que o ginasta "não reconheceu que teve malícia em seus gestos".

Foto: reprodução / Globo Play
No dia do depoimento, o atleta e seu advogado não quiseram conversar com a imprensa. Ao UOL, a delegada também afirmou que  que "a pessoa sempre busca minimizar", fazendo uma referência às acusações contra o ginasta.

Ela também comunicou ao portal que as investigações continuarão assim que Flayslane e Bianca Andrade deixarem a casa e prestarem depoimento.



Ao UOL, A assessoria do ex-brother comunicou que o ginasta "se colocou à disposição para contribuir com as autoridades em elucidar os acontecimentos ditos polêmicos". De acordo com eles, "o atleta esclareceu que nunca teve a intenção de importunar, constranger e, tampouco, magoar ninguém".

Petrix gerou revolta na web após tocar nos seios de Bianca Andrade  em uma festa dentro do reality. O ex-participante também é acusado de esfregar as genitálias em Flayslane.