Brasil

Babá e marido são presos suspeitos de estuprarem bebê de um ano

Criança estava na casa do casal no dia do crime; laudo comprovou abuso sexual

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma babá e o marido dela foram presos nesta quarta-feira (26) suspeitos de terem estuprado um bebê de um ano de idade. O crime aconteceu no dia 11 de agosto, em Dourado (SP). As informações são do G1 São Carlos e Araraquara.

De acordo com apuração do G1, no dia do crime, o bebê estava com a babá na casa dela, quando o pai da vítima foi buscá-lo. Ao chegar em casa, a mãe percebeu que a criança estava chorando e decidiu levá-la para uma unidade de saúde.

No local, os médicos perceberam uma vermelhidão nas partes íntimas do bebê e o encaminharam para  Santa Casa de São Carlos para realização de exames mais completos.

"O médico atesta que não houve acidente, tudo indica que a menina foi violentada", disse o delegado do caso, Reinaldo Lopes Machado.

Oito dias após o estupro, um laudo realizado pelo Instituto Médico Legal (IML) confirmou o abuso sexual.

"Nós apreendemos celulares, mídias, de modo geral, para encaminharmos para a perícia para ver se tem alguma coisa de interesse policial. Vamos continuar com a investigação, foi colhido um material que a gente vai ver se consegue fazer o confronto genético, alguma coisa nesse sentido", explicou o delegado.

Em nota enviada ao G1, o advogado do casal, Bruno Valencise, informou que não existem indícios que comprovem a autoria ou participação dos suspeitos no crime e considera injusta a prisão. "Existe ainda o aspecto político envolvendo a questão, o que será esclarecido futuramente", pontuou.