Brasil

Bebê de 10 meses está em estado grave na UTI após ser agredido; padrasto é suspeito

Segundo informações do Conselho Tutelar, o bebê foi levado para o hospital pela mãe, que inicialmente informou que a criança havia se afogado com suco

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

No último domingo (1°), um homem de 36 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso suspeito de agredir o enteado de 10 meses. O bebê está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Hospital Universitário do Oeste do Paraná, em Cascavel. As informações são do G1 Oeste Sudeste.

Segundo informações do Conselho Tutelar ao G1 PR, o bebê foi levado para o hospital pela mãe, que inicialmente informou que a criança havia se afogado com suco. Depois que o bebê foi examinado, os médicos encontraram sinais de agressão.



O padrasto, que estava acompanhando o bebê no hospital com a mãe, foi encaminhado para delegacia pela Polícia Militar. Ele foi liberado na manhã desta segunda-feira (2) e o caso continua sendo investigado.