Brasil

Beneficiários podem receber menos parcelas do auxílio emergencial; entenda

Ministério da Cidadania informou que poderão ser até mais quatro parcelas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

O governo anunciou a prorrogação do pagamento do auxílio emergencial até o dezembro deste ano com novo valor. O Ministério da Cidadania informou que poderão ser até mais quatro parcelas de R$ 300 cada. Para mães chefes de família será de R$ 600. 

A quantidade de parcelas varia conforme a data em que a pessoa começou a receber o auxílio. Os que começaram a receber em abril terão direito às quatro parcelas.Já quem  passou a receber a partir de julho, por exemplo, terá direito a apenas uma parcela do novo benefício, que será paga no mês de dezembro. 

A Caixa ainda não divulgou o calendário das quatro parcelas extras. Vale destacar que quem recebeu a primeira parcela em abril receberá a quinta parcela no final de setembro. Este grupo, que receberá as quatro parcelas extras, terão três meses (outubro, novembro e dezembro) para receber as quatro parcelas do auxílio emergencial extra.