Brasil

Benzedores são presos suspeitos de amarrar e estuprar jovem com problemas psiquiátricos

"Após as orações ele foi amarrado e eles iniciaram os abusos sexuais, com participação ativa do autor homem e da esposa também", afirmou o delegado responsável pelo caso

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Na última sexta-feira (12), um casal de benzedores foram presos suspeitos de amarrar e estuprar um jovem, de 17 anos, que tem problemas mentais. O crime aconteceu no dia 2 de junho, em Três Pontas, Minas Gerais. As informações são do G1 MG. 

De acordo com a Polícia Civil, o adolescente teria ido à casa dos suspeitos para ser benzido e os abusos aconteceram durante as orações. 

O jovem contou aos pais sobre o abuso assim que voltou para casa. "Após as orações ele foi amarrado e eles iniciaram os abusos sexuais, com participação ativa do autor homem e da esposa também", afirmou o delegado responsável pelo caso, Gustavo Gomes. 

“Pela forma de atuação, ou seja, atração de pessoas fragilizadas para benzimento e/ou participação em cultos, a equipe responsável pela investigação não descarta a identificação de novas vítimas”, disse a Polícia Civil em nota à imprensa.

O casal foi levado para presídios do Sul de Minas que estão recendo detentos neste período. O caso segue em investigação.