Brasil

Bolsonaro acorda sem febre e se alimenta com caldo de carne

No Twitter, Bolsonaro diz que comeu gelatina no café da manhã

Fernanda Cruz, da Agência Brasil São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro acordou hoje (8) sem febre, informou a assessoria de imprensa da Presidência. Ele apresenta melhora após ter tido febre de 38 graus Celsius e o exame de imagem ter apontado, ontem, quadro de pneumonia.


Os médicos do Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista, onde está internado, introduziram ontem à noite, na alimentação do presidente, um caldo de carne - até então ele vinha tomando apenas água. No entanto, ainda não se trata de evolução para a dieta pastosa, pois o caldo era líquido.

De acordo com o último boletim médico, houve episódio isolado de febre sem outros sintomas associados e Bolsonaro foi submetido à tomografia de tórax e abdome que evidenciou boa evolução do quadro intestinal e imagem compatível com pneumonia. O presidente recebeu antibiótico de amplo espectro.

Não há previsão de alta. Bolsonaro permanece internado na unidade semi-intensiva e, por ordem médica, as visitas permanecem restritas.