Brasil

Bombeiros identificam sexto corpo na tragédia de Mariana

Marcos Roberto Xavier, de 32 anos, que era funcionário da Vix Logística

Agência Brasil

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou a identificação da sexta vítima do rompimento de duas barragens de rejeitos em Bento Rodrigues, subdistrito de Mariana (MG), há uma semana. Há dois corpos que ainda não identificados. Segundo os bombeiros, identificaram Marcos Roberto Xavier, de 32 anos, que era funcionário da Vix Logística, empresa prestadora de serviço à mineradora Samarco, responsável pelas barragens de Fundão e Santarém. A Samarco é controlada pela brasileira Vale e a anglo-australiana BHP Billiton.O número de desaparecidos chega a 19, sendo dez funcionários da Samarco e nove moradores de Bento Rodrigues.No total, 637 pessoas – somando 185 famílias – perderam as casas ou tiveram o imóvel afetado pelo rompimento das barragens. Eles foram levadas para hotéis e pousadas da região.Nesta quinta-feira, os bombeiros informaram que haverá um reforço no efetivo das equipes de busca com mais 65 militares. A equipe irá percorrer as calhas às margens do curso d'água por onde houve escoamento da lama das barragens.