Brasil

Cantor sertanejo morre após sofrer infarto durante show

Com a canção "Não Aprendi Dizer Adeus”, o artista chegou a ser indicado ao Grammy Latino como Melhor Álbum Romântico.

Agência O Globo
- Atualizada em

O cantor sertanejo Juliano Cezar, de 58 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (31) após sofrer um infarto durante um show em Uniflor, no interior do Paraná. A notícia foi divulgada pela equipe do artista em sua página oficial numa rede social.

Foto: Reprodução
Conhecido como "Cowboy vagabundo" (nome de uma das canções de maior sucesso) Juliano gravou ainda "Faz ela feliz" e "Bem aos olhos da lua". De acordo com o "G1", o sertanejo chegou a socorrido em um posto médico perto do local do show. No entanto, o cantor não resistiu.

Juliano começou sua carreira em 1985, gravando sucessos de artistas como Chitãozinho e Xororó, Teixeirinha e Milionário e José Rico de forma independente. Em 1991, ele recebeu o Prêmio Sharp na categoria cantor revelação.

Ao longo de sua carreira ele lançou 12 álbuns e dois DVD's, com participações especiais de nomes consagrados do sertanejo como Rio Negro & Solimões, João Bosco & Vinicius e Fernando & Sorocaba.

Além da carreira na música, ele também atuou como apresentador de TV em programas de sucesso no meio country como o "Rota Sertaneja", na Rede Bandeirantes.

Com a música "Não Aprendi Dizer Adeus”, o cantor chegou a ser indicado ao Grammy Latino como Melhor Álbum Romântico.



O cantor Sorocaba prestou uma homenagem a Juliano numa rede social. "Descanse em paz Cowboy ... Sempre que a gente se encontrava nas estradas da vida era assim .... só alegria!", escreveu o artista.

Ao iBahia, a Assessoria do cantor enviou um comunicado oficial sobre a morte. Confira na íntegra:

"A notícia mais triste que a gente poderia comunicar. Com profundo pesar, a Explosion Music informa o falecimento cantor Juliano Cezar.

Juliano Cezar teve uma parada cardiorespiratória enquanto se apresentava em um show realizado na cidade de Uniflor, interior do Paraná.

O cantor deixa, esposa, mãe, irmã e sobrinhos e milhares de amigos e fãs.

O velório acontecerá em Ribeirão Preto, cidade onde o cantor morou por mais de 25 anos. Após o corpo seguirá para Passos/MG, sua cidade natal, onde também será velado e, em seguida sepultado, sendo aberto aos fãs em ambas as cidades".


Velório em Ribeirão Preto/SP

Data: 31/01/2019 (terça-feira) a partir das 18h até às 21h.
Endereço: Rua: São José, 3081, Bairro Alto da Boa Vista, Ribeirão Preto/SP.

Velório e Supultamento em Passos/MG
Data e Horário: 01/01/2020 (quarta-feira), de 01h às 13h
Endereço: Av. Paulo Esper Pimenta,151 Bairro Coimbras, Passos/MG.