Brasil

Carioca coloca pulseira do Rock in Rio e percebe que não tem como tirar; veja vídeo

Flávia caiu na gargalhada quando percebeu que a pulseira era o ingresso

Agência O Globo
- Atualizada em

Três meses antes do tão esperado Rock in Rio, a carioca Flávia Molina, de 31 anos, que comprou uma entrada pela internet, recebeu a sua pulseira-ingresso do festival, que acontece em setembro. Ansiosa, ela prendeu o acessório no pulso só mesmo para ver como ficaria. Logo em seguida, porém, a enfermeira leu um aviso enviado a sua casa junto com a entrada, alertando que a pulseira só deveria ser colocada no pulso no dia do show, já que é inviolável.

Foto: Reprodução
Bem-humorada, Flávia conta tudo sobre sua 'trapalhada' em um vídeo que vem circulando intensamente pelo Whatsapp. "Amigos, chegou meu ingresso do Rock in Rio. É uma pulseira, e eu coloquei logo. Ai eu leio assim: 'só coloque a pulseira no dia do festival. Uma vez colocada, não tem como tirar'. E agora o que eu faço? Fico com ela até setembro?", diz a enfermeira no vídeo.

— Na segunda-feira, eu recebi (o ingresso pelo correio) e fiquei tão empolgada na hora que comecei a cantar e coloquei a pulseira. Eu não achei que ela fosse o ingresso, achei que fosse um brinde, mas depois não consegui abrir e ia pedir que alguém me ajudasse — contou Flávia ao EXTRA.

Mais tarde, compartilhou a trapalhada com os amigos, pelo WhatsApp. Um deles explanou no Facebook, e a risada contangiante da enfermeira viralizou.

A carioca disse que só percebeu depois que havia um aviso para que não fizesse isso, caso contrário a pulseira seria danificada ao ser retirada e não valeria mais para entrar na Cidade do Rock.

— Eu sou enfermeira, então não tenho como trabalhar com adornos e não tinha como trabalhar até setembro com a pulseira. Eu vi uma mensagem importante na embalagem do ingresso dizendo para não colocar a pulseira antes do evento, aí comecei a ter uma crise de riso e comecei a rir muito — disse.

Após um caso semelhante ao de Flávia ganhar repercussão nas redes sociais, a organização do evento salientou a orientação em sua página do Facebook de que as pessoas utilizem a pulseira apenas no dia em que forem assistir aos shows.

O Rock in Rio informou, por meio de nota, que vem comunicando que a pulseira possui um fecho inviolável tanto pelas redes sociais, quanto pelo site oficial "e em todas as formas de divulgação do festival que tratam a questão dos ingressos".

O vídeo de Flávia viralizou na web depois que um de seus amigos compartilhou as imagens em uma rede social.

— Eu não imaginava que fosse ter tanta repercussão. Eu nem compartilhei nas redes, foi um amigo que colocou no Facebook — explicou a enfermeira.

O ingresso que Flávia comprou é para que ela assista às apresentações de Bon Jovi, Tears for fears, Alter Bridge e Jota Quest, no quinto dia do evento. Apesar de ter precisado rasgar a pulseira, Flávia entrou em contato com o Rock in Rio e, mediante o pagamento de uma taxa, ela receberá nova oportunidade de estar presente no espetáculo pelo qual tanto espera.

O festival acontecerá de 15 a 17 e de 21 a 24 de setembro na nova Cidade do Rock, localizada no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Leia abaixo, na íntegra, a nota do Rock in Rio sobre o episódio:

"Sobre as pulseiras/ingressos para a edição de 2017 do Rock in Rio, a organização do evento reforça que o produto deve ser colocado no braço apenas na data do evento. A pulseira possui um fecho inviolável. Uma vez colocada, não é possível retirar do pulso sem danificá-la. O comunicado vem sendo feito pelas redes do evento, bem como no site oficial e em todas as formas de divulgação do festival que tratam a questão dos ingressos. Além dos informativos, ao receber o produto, o mesmo encontra-se dentro de uma embalagem e logo ao abri-la, antes de acessar a pulseira, em destaque está o comunicado: Atenção —'Coloque a pulseira somente no dia do festival. Uma vez colocada, a pulseira não pode ser retirada sem ser danificada'".

Veja o vídeo na íntegra: