Brasil

Casal é preso suspeito de matar jovem e jogar corpo em cachoeira a 17 metros

Vítima foi jogada para simular possível acidente ou suicídio

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um casal foi preso suspeito de matar João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, e depois jogar o corpo dele em uma região de cachoeiras no Parque Serra Azul, na cidade de Barra do Garças (MT). A vítima foi morta no dia 11 de novembro.

Foto: Reprodução/Facebook

Segundo informações do G1 Mato Grosso, o corpo do rapaz foi jogado de uma altura de 17 metros na região de trilhas das cachoeiras no local. As investigações da Polícia Civil constataram que o crime foi cometido porque João Paulo trocava mensagens com a mulher suspeita, que tem 29 anos. O marido dela, de 43, descobriu e teria resolvido matar a vítima.
Foto: Polícia Civil de Barra dos Garças
Foto: Polícia Civil de Barra dos Garças

João teria saído para a cachoeira no dia 9 de novembro. De acordo com o G1, a mulher teria armado um encontro com ele no local, no que na verdade seria uma emboscada. Ele teria sido morto com um golpe de mata-leão e o corpo jogado na cachoeira para simular um acidente ou suicídio do rapaz.

Os dois suspeitos confessaram o crime, segundo o G1. A Justiça do estado decretou a prisão deles.