Brasil

Casal para em blitz e mulher descobre que companheiro usava nome falso e estava foragido

Ela ficou em estado de choque quando recebeu a informação

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma mulher ficou em estado de choque ao descobrir que o companheiro usava o nome falso há doze anos e estava foragido há 12 anos. Ela descobriu a farsa quando o casal em uma blitz da Polícia Rodoviária Federal (PRF). As informações são do G1 Minas Gerais.

Eles foram abordados por agentes da PRF em Igarapé (MG), quando o casal ia em direção a Itanhém (SP)  e o homem acabou preso nesta quarta-feira (10).

Durante a abordagem, o motorista de 38 anos apresentou um documento falso aos policiais. Foi neste momento que ele usava os dados do sobrinho para se esconder da polícia desde 2009.

Segundo a polícia, ele fugiu do presídio em Janaúba (MG), onde cumpria pena por latrocínio. Ele se mudou para São Paulo e conheceu a companheira, com quem vivia há três anos.

Após saber que o companheiro usava o nome falso, a mulher ficou em estado de choque. Ela disse que nunca desconfiou do crime, pois os familiares sempre o chamavam por um apelido.