Brasil

Caso Ronaldinho: Sergio Moro entra em contato com autoridades do Paraguai

Defesa de Ronaldinho e do irmão entrou com um pedido de prisão domiciliar na manhã desta segunda-feira

Agência O Gobo

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, falou com integrantes do governo do Paraguai nesta segunda-feira para se informar sobre a situação de Ronaldinho Gaúcho. Ele e o irmão, Roberto Assis, estão presos em Assunção desde sexta-feira. A dupla foi acusada de utilizar documentos falsos para entrar no país.

Segundo informações do globoespote.com e da assessoria do ministro, Moro tem acompanhado o caso e telefonou para as autoridades paraguaias para obter mais informações. Segundo ele, "o Paraguai é soberano para tomar decisões".


A defesa de Ronaldinho e do irmão entrou com um pedido de prisão domiciliar na manhã desta segunda-feira. Os advogados esperam tirar a dupla da penitenciária Agrupación Especializada da Polícia Nacional, em Assunção, onde estão detidos desde sexta-feira. O recurso deve ser respondido em até 48 horas.