Brasil

Católicos dão prova de fé em Aparecida

O Papa Francisco celebra missa no Santuário, amanhã, às 10h30

Agência Brasil
- Atualizada em
A chuva fina que caiu sobre a cidade, a 180 quilômetros da capital, São Paulo, não amedrontou nesta terça-feira (23) os fiéis e peregrinos que já estão à espera do papa Francisco, celebrante da missa de amanhã , às 10h30, no Santuário de Nossa Senhora Aparecida. Muitos deles fizeram promessa para chegar a Aparecida e conseguir ver o papa de perto. Outros aguardam por um milagre e há aqueles que apenas querem reforçar a fé.
A secretária aposentada Anita Kochla dos Santos, de 71 anos, contou à Agência Brasil que veio a pé de Curitiba – da capital paranaense a Aparecida, são 450 quilômetros. Foram 14 dias de caminhada. “É o Caminho da Fé [caminhada que peregrinos fazem até Aparecida], calculei exatamente de quanto tempo precisaria para estar aqui e ver o papa. Deu certo”, disse Anita, segurando um cajado de bambu com a inscrição Caminho da Fé.
O desejo de Bernardete Alves, de 62 anos, que se recupera de um tumor maligno no estômago, é acompanhar a missa do papa Francisco e vê-lo de perto. Por isso, veio do interior de Rondônia, da cidade de Ji-Paraná, a Aparecida. “Vim aqui pela minha fé. Sou muito católica e acredito na cura do meu problema.”
O aposentado José Ribeiro de Moares, de 65 anos, veio com o filho Tiago, de 33 anos, de Jundiaí, no interior de São Paulo, com o propósito de reforçar a fé. “Para reforçar mais ainda a minha fé em busca da verdade”, enfatizou.
Desde a manhã desta terça-feira, há filas nas principais áreas que dão acesso à basílica do Santuário de Nossa Senhora Aparecida. Nas filas, os fiéis esperam a distribuição da senha, que é uma pulseira amarela, para a missa que será celebrada por Francisco. As pulseiras serão distribuídas a partir das 5h de amanhã (24).