Brasil

Cinco influenciadores e vozes indígenas para seguir e aprender mais sobre esses povos

Nesta segunda-feira (19), se comemora o Dia do Índio, e para dar mais voz – o que é tão necessário - preparamos esta lista

Redação iBahia
- Atualizada em

Apesar da importância dos povos indígenas para o Brasil, pouco se fala sobre eles. Durante milhares de anos, ganharam tons folclóricos, foram marginalizados e tiveram suas terras invadidas. Nesta segunda-feira (19), se comemora o Dia do Índio, e para dar mais voz – o que é tão necessário – para esses povos, listamos cinco influenciadores e referências indígenas para você seguir e aprender mais. Confira!


Sônia Guajajara (@guajajarasonia)

Foto: Reprodução / Instagram
Sônia é uma líder indígena brasileira. Formada em Letras e em Enfermagem, Sônia especialista em Educação especial pela Universidade Estadual do Maranhão. 


No Instagram, Sônia compartilha a luta em defesa das terras indígenas, além de trazer discussões sobre os direitos dos índios. 


Tukumã Pataxó (@tukuma_pataxo) 

Foto: Reprodução / Instagram

Formado em Gastronomia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Tukumã Pataxó é comunicador indígena no Mídia Índia – um canal feito por indígenas para indígenas – e diretor de comunicação da Associação de Jovens Indígenas Pataxó (AJIP).


Com mais de 100 mil seguidores, Tukumã usa também do humor para debater a situação do índio no Brasil. Através de vídeos, ele ironiza diversos tipos de preconceitos, além de ensinar sobre a história e costume do seu povo.


Kaê Guajajara (@kaeguajajara) 

Foto: Reprodução / Instagram
A arte está presente na vida de Kaê. Cantora e compositora indígena, ela também atua como atriz e escritora.


Kaê possui mais de 60 mil seguidores no Instagram e por lá divulga tanto seu trabalho quanto suas lutas. Além de mostrar suas músicas – é só colocar o nome dela no Spotify para conferir! -, a indígena também debate temas importantes deste universo e discursões mais profundas, como etnocídio, terras indígenas e como respeitar a cultura desses povos. 


Maira Gomez (@cunhaporanga_oficial)

Foto: Reprodução / Instagram

Maira é índia e artista em pinturas com Urucum e Jenipapo, tradicionais na cultura indígena. A jovem possui mais de 300 mil seguidores, que acompanham seu a dia a dia na aldeia, juntamente com seus pais e irmãos mais novos. 


É por lá que Maira mostra sua arte e explica sobre a cultura e o que as pinturas significam.


We’e’ena Tikuna (@weena_tikuna)

Foto: Reprodução / Instagram
Para quem se interessa por moda e nutrição, esse é o perfil para seguir. We’e’ena é especialista em moda e nutrição indígena e traz um olhar diferenciado para essas duas áreas. 


Além de todo esse conhecimento, ela ainda é cantora, artista e youtuber. No seu perfil com mais de 90 mil seguidores, We’e’ena traz todos esses temas de maneira didática e interessante.


Alice Pataxó (@alice_pataxo)

Foto: Reprodução / Instagram

Ativista, palestrante e comunicadora indígena, Alice é da Aldeia Craveiro, em Porto Seguro, no sul da Bahia.


O Instagram de Alice é uma aula para quem busca aprender mais sobre os povos indígenas, trazendo discussões sobre as lutas, além de indicações de outros perfis e também podcasts sobre o tema.


Alice também tem um canal no YouTube e é jornalista no Projeto Colabora, que faz jornalismo independente voltado para uma visão de sustentabilidade que vai muito além do meio ambiente.