Brasil

Conselho aprova e Petrobras deve vender 25% da BR Distribuidora

Com voto contrário de Presidente, conselheiros aprovam venda da unidade de distribuição de combustíveis da Petrobras

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Conselho da Petrobras aprovou a venda de ao menos 25% da BR Distribuidora em reunião na noite desta segunda (17). Mesmo com o voto contrário do Presidente e do Conselheiro dos funcionários, a venda da unidade de distribuição de combustíveis da estatal foi aprovada e deve ser realizada a partir do final do ano.  


O plano para abertura de capital e venda de ações da BR Distribuidora já havia sido aprovado pelo Conselho em reunião no último dia 6 de agosto. A Petrobras estuda vender US$ 15,1 bilhões em ativos até o final de 2016. A meta é reduzir o montante de US$ 132 bilhões de dívida da estatal.


Votando contrário à venda, o presidente do Conselho, Murilo Ferreira, defendeu que decisões adicionais precisam ser tomadas, incluindo a contratação de profissionais com experiência em vendas no varejo e a aprovação de um plano de negócios para a BR Distribuidora, antes que qualquer venda possa ser formatada.


Já o conselheiro que representa os funcionários da Petrobras, Deyvid Bacelar, alegou que as condições de mercado não são propícias para uma venda e que a BR Distribuidora pode dar retornos melhores à Petrobras se o Conselho melhorar a governança ou buscar parcerias em vez de abrir o capital da empresa.