Brasil

Consumo de energia caiu 22.448 MW durante jogo da Seleção brasileira contra a Bélgica

ONS programou operação para atender demanda durante as mudanças bruscas do consumo

Ramona Ordoñez, da Agência O Globo

Se durante o jogo de ontem entre a seleção brasileira e a da Bélgica o coração de muitos brasileiros disparou, o mesmo aconteceu com o consumo de energia elétrica no país. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), órgão o que coordena a operação do Sistema Interligado Nacional (SIN), teve de lidar com oscilações bruscas , com eduções na carga em poucos minutos ,assim como um aumento brusco de 7.188 megawatts (MW) no consumo, em apenas 30 minutos.

A carga de energia gerada pouco antes do início do jogo que estava na faixa de 66 mil MW, chegou a cair para até cerca de 55 mil MW ao fim do segundo tempo, subindo depois para cerca de 65 mil MW.

De acordo com dados do ONS, antes do início do jogo a partir das 12h e 45 m , ocorreu uma redução na carga gerada de cerca de 8.613 MW em 2 horas e 15 min em comparação com a carga ocorrida na sexta-feira anterior, dia 29 de junho, quando não ocorreu nenhum evento de relevância nacional.

No início do jogo às 15 horas o sistema verificou uma nova redução no consumo de energia, desta vez de 2.303 MW em apenas 20 minutos. Segundo dados do ONS, durante o primeiro tempo do jogo, permaneceu 11.443 inferior em relação a uma sexta-feira normal.

Já durante o intervalo do jogo, quando o Brasil á estava perdendo por dois a zero da Bélgica, em apenas oito minutos o sistema registrou um aumento na carga de 2.398 MW. No início do segundo tempo, quando todos ainda tinham esperança de uma virada no placar, o consumo caiu 1.565 MW em 15 minutos.

De acordo com o ONS durante o segundo tempo do jogo a carga se manteve na f 13.340 MW abaixo da média de uma carga de uma sexta normal. Logo após o jogo com a decepção da seleção fora da Copa do Mundo, a carga voltou a crescer 7;188 MW em 30 minutos apenas.

O ONS explicou que foram adotadas uma série de medidas operacionais pelos agentes do setor sob sua coordenação para conseguir atender de modo seguro a demanda mesmo nos padrões de qualidade e segurança com as fortes oscilações de aumento e redução do consumo em períodos curtos.