Brasil

Coordenador pedagógico é morto por aluno dentro de escola

Suspeito foi identificado como aluno do nono ano da escola onde a vítima trabalhava

Agência O Globo
- Atualizada em

Um coordenador pedagógico foi morto com um golpe de faca que perfurou o fígado por um aluno na Escola Estadual Machado de Assis, em Águas Lindas de Goiás (GO), na tarde desta sexta-feira (30). Bruno Pires de Oliveira, de 40 anos, chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Bom Jesus, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a Secretaria de Educação, o autor do crime conseguiu fugir em uma moto. A polícia trabalha para localizá-lo.

Por meio de nota, a pasta informou que Bruno atuava como coordenador de turno na unidade e havia avisado o estudante de que ele não poderia mais participar do projeto "Mais Educação". Um laudo médico recomendava esse afastamento, explicando que o aluno "apresentava problemas cardíacos e seria arriscado continuar com a prática de atividades físicas que integram o 'Mais Educação'".

Foto: Facebook/Reprodução

A Polícia Civil informou que o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Águas Lindas investiga a morte do professor Bruno. O suspeito foi identificado como um aluno do 9º ano. Professores e testemunhas já foram ouvidos na delegacia.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Goiás (Sintego) lementou a morte do professor por meio de uma nota publicada em suas redes sociais.

"É lamentável. Mais uma morte trágica no ambiente escolar, que reitera a necessidade da proteção dos/as profissionais da Educação. É preciso agir para que vidas não mais sejam retiradas. Basta de tanta violência! A Educação pede paz!”, disse Bia de Lima, presidente do sindicato no comunicado.

O prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango, também se manifestou por meio de sua página no Facebook.



"Neste momento de dor, peço a Deus que conforte familiares e amigos. O professor nos deixa um legado muito importante. Ele foi um grande exemplo de educador, com caráter e responsabilidade", afirmou.

Mensagens de luto foram deixadas por colegas, ressaltando o quanto ele era bom profssional.

"Tristeza, desalento sentimentos que nos invadem com a perda do amigo Bruno Pires de Oliveira, geógrafo, morto por um aluno hoje. Amigos são assim, levam um pedaço da gente, deixam um pedacinho de si", escreveu uma amiga.