Brasil

Coronavírus: Governo confirma repasse de R$ 3 bilhões para bolsa família

A medida havia sido como parte de um pacote de R$ 147,3 bilhões para conter os efeitos econômicos do novo coronavírus

Daniel Gullino e Eliane Oliveira, da Agência O Globo
- Atualizada em

O presidente Jair Bolsonaro editou nesta quarta-feira uma medida provisória (MP) que abriu crédito extraordinário de R$ 3,4 bilhões para quatro ministérios. A maior parte (R$ 3 bilhões) será para o Ministério da Cidadania, mais especificamente para o Bolsa Família.

A medida havia sido anunciada na semana passada, como parte de um pacote de R$ 147,3 bilhões para conter os efeitos econômicos do novo coronavírus.

A MP também repassa R$ 220 milhões para o Ministério da Defesa, R$ 100 milhões para o Ministério da Ciência e Tecnologia e R$ 62 milhões para o Ministério das Relações Exteriores. Todos as pastas também utilizarão os valores para ações contra o coronavírus.

Dos R$ 62 milhões repassados para o Itamaraty, R$ 50 milhões são para o resgate de brasileiros que estão impedidos de voltar ao país, conforme o Extra antecipou. Os outros R$ 12 miilhões são para a Agência Brasileira de Cooperação.