Brasil

Criança de 11 anos mata padrasto a facadas para proteger mãe e irmão de agressões

Homem de 43 anos tinha o hábito de agredir a esposa por causa de ciúmes

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma criança de 11 anos assassinou a facadas o padrasto de 43 anos para proteger a mãe e o irmão de agressões proferidas por ele. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (10). As informações são do G1 Campinas e Região.

Ao G1, a polícia civil informou que testemunhas relataram que o homem tinha o hábito de agredir a esposa e o filho mais velho dela, de 15 anos. A mãe da criança disse, em depoimento, que o esposo tinha ciúmes dele.

A criança disse à polícia que, ao ver o irmão quase sem ar, pegou uma faca para 'cutucar' o padrasto e que não tinha a intenção de machucá-lo. Ela disse que 'cutucou' o homem duas vezes, mas não percebeu que tinha atingido dele.

Após o ato, o homem largou o adolescente e correu para fora de casa. Ele chegou a ser socorrido, mas ele levou um corte no pescoço que provocou a morte de forma rápida.

De acordo com a apuração do G1, no despacho, o delegado do caso disse que o padrasto "reiteradamente praticava agressões contra a companheira e seus enteados", culminando com "este fatídico evento", em que a "criança com apenas 11 anos de idade agiu sob forte emoção e apenas golpeou o agressor, para que o mesmo interrompesse a severa agressão contra o irmão".

O caso será apresentado ao Ministério Público e à Vara da Infância e Juventude