Brasil

Da prisão, Rennan da Penha escreve carta comentando julgamento do STF e agradece apoio

Fãs e amigos compartilharam a hashtag "Liberdade Rennan da Penha" no Twitter

Agência O Globo
- Atualizada em

Preso há quatro meses, condenado pelo crime de associação para o tráfico, Rennan da Penha agora aguarda o julgamento da 1ª turma do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre seu pedido de habeas corpus. Enquanto isso, do Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, onde está preso, o DJ escreveu uma carta para agradecer o apoio dos fãs e amigos que compartilharam a hashtag "Liberdade Rennan da Penha" no Twitter.

Foto: Divulgação

"Estou há quatro meses encarcerado. Pode parecer pouco tempo para as pessoas aí neste mundão, mas para mim parece uma eternidade. Talvez muitos não saibam, mas neste lugar existe muito sofrimento e solidão, não só para os presos, mas também para as nossas famílias. (...) Essa semana será julgado no STF um pedido de liberdade a meu favor. Com as postagens de vocês, amigos e fãs, e com a força de Deus, me sinto confortado. Eu creio que esse pedido possa dar certo. Um abraço a todos. Em breve eu estarei nos palcos da vida fazendo vocês dançarem muito (risos)", escreveu Rennan.

O texto foi divulgado por Lorenna Vieira, namorada do DJ. Além de defendê-lo nas redes, a digital influencer tem sido porta-voz de Rennan da Penha, exibindo outras cartas divulgadas por ele. Em um dos textos, Lorenna destacou o companheirismo entre eles e de que não abandonaria o namorado nesse momento.