Brasil

Diarista de 63 anos se forma em culinária e viraliza na web

A garra de Marli da Silva inspirou o filho que fez uma homenagem nas rede sociais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Uma diarista de 63 anos se formou em um curso de culinária com especialidade em pratos franceses e confeitaria e ganhou uma homenagem do filho. A publicação de Patrick da Silva, de 20 anos, viralizou na web e já teve mais de 260 mil curtidas no Twitter. 

De acordo com o G1 Rio de Janeiro, Marli da Silva pagava as mensalidades com parte do dinheiro que recebia das faxinas. Ela, que é moradora de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, contou que ia para o trabalho, na capital, e após o horário de serviço, ela seguia direto para o curso. Atualmente, ela trabalha em três casas.

“Eu sempre quis fazer uma culinária, ser profissional e aprender coisas que nunca aprendi. Fui procurar e acabei encontrando. Eu fui, perguntei se me aceitava devido à idade e me aceitaram. Cheguei em casa e pensei ‘poxa, com as faxinas que eu faço dá pra juntar e pagar esse curso’. Foi o que eu fiz”, contou Marli ao G1. 

Marli permaneceu em uma rotina tripla, que incluía o trabalho, o curso e a educação dos dois filhos, durante três anos. A garra dela motivou um dos filhos a fazer uma homenagem nas redes sociais. Ele publicou uma foto da mãe exibindo uma bandeja de doces, com a seguinte legenda: "Minha princesa preta formada em culinária francesa, merece o mundo". 

“Dentro da cozinha, só tinha eu de negra. Além de ser negra, também com 60 anos. Eu tinha aula de francês também. Deu pra falar alguma coisa. Mas eles [colegas de turma] me respeitavam muito, foi muito bom, maravilhoso”, destacou a cozinheira, que se diz orgulhosa com a conquista.

Ver essa foto no Instagram

Quiche de frango com alho poró ????????

Uma publicação compartilhada por Marli Silva ????????‍???? (@marli.confeiteira) em