Brasil

Dois homens são presos por espancar mulher até a morte

Os suspeitos confessaram terem "escondido" o corpo da vítima embaixo de um caminhão

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Dois homens, identificados como Rodrigo Cândido Silva e Cidclei Dias da Silva, foram presos em flagrante suspeitos de espancar uma mulher até a morte. O crime aconteceu no último domingo (17), em Anápolis (Goiás). De acordo com informações da Polícia Civil ao G1 GO, depois do homicídio, o corpo de Sara Moreira da Silva foi jogado embaixo de um caminhão.

A polícia está investigando a possibilidade da vítima ter sido estuprada, pois tinha lesões na região íntima de Sara Moreira.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a mulher do dono do caminhão acordou pela manhã e, ao ir até o portão, viu o corpo de Sara e chamou a Polícia Militar. Ao chegarem ao local, os policiais conseguiram informações de que a vítima tinha passada a noite na casa dos dois suspeitos e identificaram Rodrigo e Cidclei.



Conforme informações do G1 GO, os suspeitos confessaram ter espancado a mulher com socos e, em seguida, a esganado. Eles também admitiram ter arrastado o corpo de Sara e jogado embaixo do caminhão, que estava próxima da casa de um deles. Rodrigo e Cidclei contaram aos polícias que o crime aconteceu depois de uma discussão que tiveram com a mulher e que estavam usando drogas e bebidas alcoólicas. A polícia não sabe o motivo do desentendimento.