Brasil

Dono de creche é preso suspeito de estuprar menina de 2 anos

Mãe da vítima levou a criança a um posto de saúde ao observar ferimentos nas partes íntimas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um homem de 60 anos foi preso preventivamente suspeito de estuprar uma menina de dois anos nesta sexta-feira (12). O suspeito é dono da creche que a criança estava matriculada. O caso aconteceu na cidade de Cachoeirinha (RS). As informações são do portal G1 Rio Grande do Sul.

Segundo o G1, as investigações do caso começaram em janeiro, após a mãe registrar um boletim de ocorrência. Ela percebeu mudanças no humor e comportamento da filha e também notou ferimentos nas partes genitais. Conforme a Polícia Civil, o dono da creche frequentava o local e costumava interagir com as crianças, mesmo não trabalhando como professor. 

Ainda de acordo com o G1, a polícia afirmou que o homem já havia respondido um processo semelhante e tinha sido condenado por estupro. Além disso, a investigação apontou que a criança mudou o comportamento. "Apurou-se no curso do inquérito policial que, após poucos dias frequentando a creche, a criança tornou-se chorosa, voltou a chupar o dedo, começou a mostrar resistência em ir para a escola e passou a chorar muito durante o banho, chegando ao ponto de agredir a mãe para impedir que esta tocasse em suas partes íntimas. Em alguns dias, a vítima voltava para casa com a calcinha e calças sujas de fezes", disse Maurício Barison, delegado responsável pelo caso.

Conforme o G1, a mãe levou a criança a um posto de saúde ao observar ferimentos nas partes íntimas. No local, ao ser examinada, a menina disse que foi "o titio da escola". O suspeito foi preso em casa encaminhado ao sistema prisional, e deve responder por estupro de vulnerável, segundo o delegado.