Brasil

Empresa é condenada a indenizar cliente que comeu biscoitos com larvas vivas

Justiça determinou uma indenização de R$ 5 mil por danos morais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)


Uma empresa de alimentos terá que indenizar uma cliente que encontrou lavas vivas dentro de um pacote de biscoito fabricado pela companhia. De acordo com informações do G1 Distrito Federal, a decisão, de primeira instância, do 6º Juizado Especial Cível de Brasília determinou uma indenização de R$ 5 mil por danos morais.

Ainda segundo o G1 DF, no processo consta que a mulher comprou o biscoito em setembro de 2019 e ao consumir o produto sentiu um gosto estranho. Depois, observou que tinha larvas e acionou a justiça para pedir a indenização.

A empresa alegou que a cliente não mostrou que a embalagem estava conservada em local apropriado e que os produtos passam por rigoroso processo de qualidade. Mas, as fotos e vídeos apresentados pela mulher no processo foram suficientes para a juíza Marília de Ávila e Silva Sampaio comprovar a presença das larvas vivas no pacote de biscoitos.



"O pacote estava pela metade, sendo verossímil a narrativa de que houve a ingestão do alimento. Logo, havendo a comprovação documental da presença de larvas", pontuou a magistrada.

Conforme o G1 DF, a juíza caracterizou a situação como "potencial risco à saúde" e que a decisão tem finalidade educativa.