Brasil

Entregador sofre ofensas racistas em condomínio e vídeo viraliza na web; veja

Nas imagens, o morador aponta para própria pele e diz que o homem tem 'inveja disso aqui'

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um entregador que trabalha para uma empresa de aplicativos de serviços de alimentação sofreu ofensas racistas de um dos morados de um condomínio de casas localizado na cidade de Valinhos (SP). As informações são do G1 Campinas e região.

No registro, é possível ver que  morador aponta para própria pele e diz que o homem tem 'inveja disso aqui'. O entregador registrou um boletim de ocorrência para denunciar as agressões sofridas e o criem de racismo. O caso aconteceu no dia 31 de julho, mas as imagens viralizaram nas redes sociais nesta sexta-feira (7).

O morador ainda profere outras ofensas ao homem, o chama de analfabeto e diz que ele tem inveja das pessoas que moram no condomínio.

O entregador, que não quis se identificar, relatou o ocorrido ao G1 "Eu falei pra ele que ele não podia fazer mais isso porque ninguém gostava desse tipo de atitude. O que ele faz é pra se mostrar superior as pessoas. Teve um momento que ele cuspiu em mim, jogou a nota no chão e disse que eu era lixo. Na frente da polícia, ele continuou com as agressões, me chamou de favelado", disse o homem ao G1.

O morador chegou a ser procurado pela equipe de jornalismo da EPTV, afiliada da TV Globo, mas o porteiro disse que ele não estava em casa. Ele também não atendeu as ligações.

Veja o vídeo: