Brasil

Espuma invade faixa de areia da Praia do Marciano, em Ilhéus, na Bahia

Secretário do Meio Ambiente explicou fenômeno e afirmou que é comum em períodos chuvosos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Moradores de Ilhéus registraram uma densa espuma na Praia do Malhado, na cidade do sul da Bahia, na manhã desta quinta-feira (11). As informações são do g1.

Segundo a Secretaria do Meio Ambiente da cidade, o acontecimento ocorre por conta da chuva e levou materiais orgânicos à superfície, o que alterou o tom da água para um coloração mais escura.

De acordo com o secretário, José Vitor Pessoa, o agitação do mar mexeu com os sedimentos que se acumulam no fundo da água, com isso, acontece o que os especialistas chamam de floração.

"Isso já aconteceu algumas vezes. Aqui na nossa região choveu muito nas cabeceiras nos últimos dias. Então os rios trazem materiais orgânicos e outros, inclusive, baronesas, contribuindo para o surgimento do fenômeno", explicou.

Outro fator que também causa o fenômeno é a mistura de algas com alguns compostos, como os plânctons. O secretário comentou que quando tais compostos morrem, eles eliminam grande quantidade de material orgânico que atua como agentes espumantes, ou uma espécie de detergente natural, que ocasiona as espumas.

O secretário José Vitor informou que a espuma é comum em períodos de chuva, mas que o órgão irá avaliar o material no  laboratório da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Apesar disso, informou que a espuma se dilui em água e que não apresenta riscos às pessoas.