Brasil

Estudante morre após ser queimada pelo namorado; suspeito teve ataque de ciúmes

Testemunhas afirmam que a vítima estava bêbada e foi abusada sexualmente pelo cunhado do suspeito

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A estudante de 19 anos, Isabela Miranda de Oliveira, morreu na noite desta quinta-feira (7) após ter o corpo queimado pelo namorado durante um ataque de ciúmes. O crime aconteceu no último domingo (3), na cidade de Franco da Rocha (SP). As informações são da TV Globo.

Foto: Reprodução
O suspeito teria atacado a jovem após vê-la na cama com o cunhado dele. Testemunhas afirmam que Isabela estava bêbada e foi abusada sexualmente por um homem. A vítima, que cursava administração, teve 80% do corpo queimado e estava internada desde o dia do crime. O namorado foi preso em flagrante.

De acordo com a apuração da TV, a jovem e o namorado,  William Felipe Alves, de 21 anos, foram passar o domingo em chácara de uma amiga de infância de Isabela. Durante um jogo de dominó, eles combinaram que, quem perdesse, tomaria uma dose de tequila. A brincadeira deixou as pessoas alcoolizadas.

À TV, a tia da vítima, Sonia Miranda Gonçalves, contou a estudante passou mal por causa da bebida. “Essa amiga [que convidou para ir à chácara] acabou socorrendo ela pra dar um banho, porque ela não tava muito bem, e colocou ela no andar de cima [da casa da chácara] pra ela descansar”, contou.

Segundo as testemunhas, o suspeito foi até o quarto onde Isabela estava e viu a vítima com o cunhado dele juntos na cama. “Ele tava transtornado, transtornado... Ele pegou os colchões e ‘tacou’ fogo, atirou fogo com ela lá dentro do quarto. Aí foi quando a gente começou a tentar salvar ela”, disse uma testemunha à TV. Ela não quis se identificar.

De acordo com a apuração da TV, o cunhado do William está registrado no boletim de ocorrência como vítima, mas as testemunhas alegam que ele abusou da jovem. O irmão de William está sendo investigado por agressão contra a estudante.

“Morreu um pedaço nosso com ela. Vai ser muito difícil a gente juntar os caquinho que tá. Espatifou demais”, lamentou a tia de Isabela.