Brasil

Estudante morta pelo namorado fazia TCC sobre violência contra a mulher

Isabella Cazado foi morta pelo namorado e cunhado, segundo a polícia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
Isabella Cazado foi morta após discussão
com o namorado. (Foto: Reprodução)

A estudante de direito Isabella Cazado, de 22 anos, assassinada a tiros durante uma discussão com o namorado no dia 31 de maio, fazia um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) sobre violência contra a mulher.


De acordo com o G1 Mato Grosso, Isabella estudava o 9º semestre do curso na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que o namorado dela, Roni Santos, de 23 anos, tenha tido a ajuda do irmão, Fernando Santos, de 21, para assassinar a estudante.


O professor que orientava Isabella no TCC, Alessandro de Almeida Santana Souza, disse, em entrevista ao G1, que a jovem era uma boa aluna. “O tema [do TCC] era relacionado ao estupro praticado pelo marido contra a mulher, especificamente a violência contra as mulheres. Ela estava fazendo o levantamento de dados nessas situações e uma pesquisa bibliográfica com casos reais”, contou.


Fernando, irmão do suspeito, está preso. Já o namorado de Isabella, que está com a prisão decretada pela Justiça, continua foragido.

Fernando (à esquerda) e Roni ( à direita) são suspeitos de matar Isabella Cazado. (Foto: Reprodução)