Brasil

Ex-comentarista da Globo sofre com alzheimer em instituição de acolhimento

Sérgio Noronha foi comentarista na Copa do Mundo de 1982 pela emissora

Redação iBahia (redacao@ibahia.com.br)
- Atualizada em


O jornalista Sérgio Noronha, 86 anos, sofre do mal de Alzheimer, doença neurodegenerativa que causa, entre outras  perda de memória. Ex-comentarista da Globo, o carioca vive atualmente no Retiro dos Artistas, instituição de acolhimento no Rio de Janeiro.

Foto: Reprodução

Tudo começou em 2015, quando Sérgio teve um apagão repentino de memória e andou sem rumo pelas ruas de Ipanema, bairro onde morava no Rio de Janeiro. Segundo informações do UOL, o jornalista havia saído para uma aula de ginástica e sumiu por algumas horas.

Com o episódio, uma amiga dele marcou uma consulta médica, que identificou uma retenção de líquido na bexiga de Sérgio. O jornalista foi internado e teve complicações durante os dois meses que esteve no hospital, como uma embolia pulmonar. Sérgio Noronha comaçava a se tornar vítima do Mal de Alzheimer.

O jornalista
Sérgio Barros de Noronha trabalhou nas rádios Jornal do Brasil, Globo e Tupi. Na TV Globo, foi comentarista da copa do mundo de 1982. Saiu da emissora e voltou anos depois, com participações em jogos do campeonato carioca e nas copas do mundo de 2002 e 2006.

A última aparição de Sérgio pela Globo foi no canal pay-per-view Premiere no ano de 2011, em que comentava partidas transmitidas pelo canal. Após a saída definitiva da Globo, trabalhou na TV Bandeirantes até a chegada do ex-jogador Edmundo como comentarista à emissora.