Brasil

Ex-jogador morre após ser atropelado por menores de idade

Ele ficou mais de um mês na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta terça-feira (3), o ex-jogador de futebol José Moraes Lucas, de 61 anos, morreu de insuficiência respiratória e cardíaca após ficar mais de um mês na  Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De acordo com o G1 São Paulo, José ficou gravemente ferido depois ser atropelado por adolescentes em duas motocicletas em Mongaguá, no litoral de São Paulo, no dia 20 de outubro.

Ainda segundo o G1 SP, o atropelamento aconteceu na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, quando a vítima voltava de bicicleta da visita que fazia às filhas. José Moraes foi atingido por duas motos com quatro adolescentes próxima de uma curva.  

O ex-jogador teve traumatismo craniano e sofreu um corte em cima do olho com extensão até a cabeça. José atuou como zagueiro da Portuguesa Santista entre os anos 1972 e 1978, na principal divisão do Campeonato Paulista. Ele ainda chegou a ser emprestado para Blumenau Esporte Clube, em Santa Catarina.



Na época do acidente, a Secretaria de Segurança Pública contou ao G1 SP que o caso foi registrado na Delegacia Sede de Mongaguá como ato infracional de lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e ato infracional de dirigir sem habilitação. Os menores foram ouvidos e encaminhados à Vara da Infância e Juventude.