Brasil

Falso cupom do McDonald’s vira isca de golpe que circula no WhatsApp

Oferta de R$ 70 do McDonald’s é golpe

Agência O Globo
A promessa é boa: um cupom de R$ 70 para gastar como quiser no McDonald’s. Entretanto, essa mensagem que circula no WhatsApp não é uma promoção real, mas uma armadilha usada por criminosos. De acordo com a empresa de segurança PSafe, mais de 100 mil pessoas foram afetadas em menos de 24 horas. As vítimas são induzidas a fazer o cadastro em sites maliciosos ou a fazer o download de aplicativos que podem infectar smatphones ou tablets. A companhia lembra que o aparelho pode ficar vulnerável, inclusive, a outros tipos de crimes e até mesmo a prejuízo financeiro.
Foto: Divulgação/PSafe
Segundo os especialistas da PSafe, a rápida disseminação da campanha ocorre porque, para validar o suposto voucher, é necessário que a pessoa compartilhe o link com outros 10 contatos pelo aplicativo de mensagens instantâneas.
Foto: Divulgação/PSafe
A empresa alerta que os cibercriminosos tiveram o cuidado de desenvolver o golpe com uma identidade visual bem parecida com a usada nas campanhas e promoções oficiais da rede de fast food. Por isso, é mais difícil o usuário perceber que se trata de uma armadilha.
Por enquanto, três domínios maliciosos envolvendo o golpe foram identificados.
— Essa iniciativa adotada pelos hackers visa dificultar a identificação e bloqueio da armadilha — explica o gerente de Segurança da PSafe, Emilio Simone.
Nas redes sociais, o restaurante já negou qualquer ligação com o falso cupom que circula no WhatsApp.
Veja dicas para não cair em golpes:
- Desconfie sempre de promoções compartilhadas no WhatsApp
- Não clique em links recebidos por e-mail ou mensagem de texto
- Consulte sempre as páginas oficiais de empresas para se certificar de que se trata de uma oportunidade real
- Use software de segurança, como antivírus