Brasil

Família de Boechat vai processar laboratório

Jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu após uma queda de helicóptero no dia 11 de fevereiro

Agência O Globo
- Atualizada em

Os advogados da família de Ricardo Boechat estão preparando uma milionária ação de indenização contra o laboratório Libbs, que o contratou para uma palestra e foi o responsável pela escolha da empresa de táxi aéreo que transportou o jornalista. As informações são da coluna de Lauri Jardim, ao O Globo.

Queda de helicóptero
O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu após uma queda de helicóptero no dia 11 de fevereiro, na  Rodoanel, em São Paulo. A informação foi confirmada pelo governo do estado. De acordo com a Revista Veja, a informação foi confirmada pelo governo do estado. Atualmente, o jornalista estava trabalhando no Grupo Bandeirantes de Comunicação.

Boechat começou a carreira de jornalista na década de 1970, como repórter do extinto jornal Diário de Notícias, no Rio.

Anos depois, integrou a equipe do colunista social Ibrahim Sued. Em 1983, começou a trabalhar no GLOBO, onde ficou até 2001. Ele também trabalhou nos jornais O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil.