Brasil

Filha de Belo é presa acusada de participar de golpes eletrônicos

Cantor declarou que ficou surpreso e arrasado com a notícia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Nesta quarta-feira (11), a filha caçula de Belo, Isadora Alkimin Vieira, de 21 anos, foi presa acusada de participar de uma organização criminosa especializada em golpes eletrônicos. Para a colunista Fábia Oliveira, do 'O Dia', o cantor declarou que ficou surpreso e arrasado com a notícia. 

"Estou surpreso e arrasado com tudo isso. Eu não sabia de absolutamente nada, falei com ela semana passada por telefone e ainda perguntei de tudo, da faculdade e tal. Dei sempre todo suporte como pai, pensão, faculdade, educação e amor. Me sinto muito triste e quero ser respeitado nesse momento", disse Belo ao Jornal. 

Isabela e outras 11 mulheres foram presas por policiais da Delegacia de Combate às Drogas, no Rio de Janeiro. De acordo com informações da polícia, as vítimas do grupo criminoso eram levadas a repassar dados bancários e cartões de crédito a motoboys. Os meliantes, então, utilizavam os cartões e causavam um rombo financeiro nas contas das pessoas.