Brasil

Funcionário se confunde e coloca malote de dinheiro em sacola de compras de cliente

"O gerente da loja disse que o erro do caixa foi muito grave. Mas eu gostaria que ele não fosse demitido", disse cliente

Agência O Globo
Depois de um passeio com a família no shopping, Diva Sousa, de 38 anos, se deu conta que em uma de suas sacolas de compras havia um malote com dinheiro. A cliente de uma loja de departamento esteve no Shopping Metropolitano Barra, na Zona Oeste do Rio, no último domingo, fez suas compras de Natal e seguiu para casa, junto do marido e de seus três filhos. Somente no dia seguinte, quando estava se arrumando para ir trabalhar que ela se deu conta de um item a mais no meio de suas compras.
— Eu não gosto de andar com várias bolsas, então, coloquei uma dentro da outra. Na hora que eu estava me arrumando para ir pro meu trabalho, mexi nas sacolas. Chamei o meu esposo e perguntei se ele tinha colocado algum dinheiro na bolsa — disse a consultora de TI, que fez contato com a loja no dia seguinte para relatar o que tinha conhecido. Segundo ela, o gerente do local recuperou as imagens nas câmeras de segurança e pode constatar o equívoco.

Diva conta ainda que passou pela sua cabeça três hipóteses — a primeira que o caixa se atrapalhou, a segunda que ela foi laranja para ser assaltada e a terceira hipótese, que seria uma armação para demitirem o funcionário. A consultora de TI diz que tem medo que o rapaz seja dispensado da empresa por causa da confusão. E faz um pedido para que isso não aconteça.
— O gerente da loja disse que o erro do caixa foi muito grave. Mas eu gostaria que ele não fosse demitido. Ele estava cansado e se atrapalhou, apenas — disse a cliente lamentando o fato. — Eu vou sair um pouco mais cedo do meu trabalho e vou devolver o malote que está intacto — disse, sem saber o valor contido no pacote.
Pra ela, a devolução do dinheiro é exemplo para os filhos. — Nunca conseguiria dormir sabendo que estava com uma coisa que era minha e tirando a paz de outra pessoa — falou. Procurada, a loja de departamento ainda não comentou o ocorrido.