Brasil

Funcionários de IML são demitidos após arrastarem corpo no chão em AL

Os dois homens foram identificados e desligados

Redação Correio 24h

Funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviços ao Instituto Médico Legal (IML) de Branquinha, Alagoas, foram demitidos depois que um vídeo mostrou quando eles arrastavam corpo pelo chão, segundo o jornal Extra. A informação é da Perícia Oficial do Estado de Alagoas (Poal).

Nas imagens que circulam nas redes sociais e provocaram revolta, os homens fazem a remoção do corpo na última quinta-feira. No vídeo, é possível ouvir os funcionários rindo enquanto arrastam o corpo pelos braços ao retirá-lo de uma área com lama.

Ainda segundo a publicação, a empresa foi notificada e solicitou que providências fossem tomadas. Os dois homens foram identificados e desligados.