Brasil

Fundador do site Catraca Livre, jornalista Gilberto Dimenstein morre aos 63 anos

Personalidades lamentaram a perda do escritor e jornalista nas redes sociais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O jornalista Gilberto Dimenstein, fundador do site Catraca Livre e escritor de mais de 10 livros, morreu às 9h da manhã desta sexta-feira (29), em São Paulo (SP), enquando dormia. De acordo com o site criado por ele, Dimenstein lutada contra um câncer de pâncreas desde 2019 e deixou dois filhos, a esposa e um neto.

Formado em jornalismo pela faculdade Cásper Líbero, Dimenstein fez sua carreira jornalística no jornal Folha de S. Paulo, onde atuou por 28 anos. Também foi comentarista da Rádio CBN. Criou a Catraca Livre em julho de 2009, quando sentiu a necessidade de agrupar, em uma única plataforma, os eventos culturais gratuitos da cidade de São Paulo.

Personalidades lamentaram a morte de Gilberto Dimenstein nas redes sociais

Ver essa foto no Instagram

Hoje perdemos esse grande cara. Conheci Gilberto Dimenstein mais de perto através de Laura minha companheira que trabalhou com ele no site @catracalivre que ele mesmo fundou. Apaixonado por música, por educação, por iniciativas sociais que viriam a melhor a vida de tantos e do nosso sofrido país, Gilberto era o cara que sonhava, sonhava projetos, sonhava mudanças e sonhava o futuro. No início da quarentena me ligou pra pedir que o @skankoficial fizesse uma Live pra ajudar pessoas e que não esquecesse da Orquestra Heliópolis do @instituto_baccarelli que ele tanto amava e no qual já tínhamos nos envolvido, eu e ele, em algumas apresentações. Querido Gilberto, amanhã faremos a Live do @skankoficial no estádio do @mineirao e o @instituto_baccarelli estará conosco assim como você sugeriu. Obrigado, vá em paz e nos escute desse lugar especial que você merece no céu. @gdimenstein @catracalivre @skankoficial @folhadespaulo @folhailustrada

Uma publicação compartilhada por Samuel Rosa (@samuelrosaoficial) em