Brasil

Garoto atacado por tigre no Paraná tem braço amputado

Prefeitura da cidade disse que o garoto estava em local proibido

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um garoto de 11 anos foi atacado por um tigre no Zoológico de Cascavel, no Paraná, e teve o braço dilacerado pelo animal. Segundo a prefeitura da cidade, o menino ultrapassou a cerca de segurança do local e começou a correr volta da jaula. Pessoas que estavam no zoológico filmaram a cena, minutos antes do ataque. O caso aconteceu na quarta-feira (31).Levado ao hospital em estado grave, o garoto foi submetido a cirurgia e teve o braço amputado. O tigre Hu, de 8 meses, foi colocado em isolamento após o ataque. A bióloga responsável pelo local afirmou que o animal é bastante dócil, mas deve ter ficado estressado com a movimentação da criança perto da jaula.

Em nota divulgada, a prefeitura de Cascavel afirmou que o pai da criança teria ignorado as placas de perigo e os apelos dos demais visitantes ao permitir que o filho brincasse tão perto do animal. Funcionários do zoológico disseram à prefeitura que o pai teria, inclusive, incentivado o menino a correr em volta da jaula.


O jornal Bom Dia Brasil, afirmou que o pai foi detido após o acidente e, em depoimento, afirmou que não viu o que o garoto estava fazendo porque estava ocupando cuidando do filho mais novo. Ele foi liberado, mas poderá responder por crime de lesão corporal grave. Ainda segundo o jornal, a criança mora com a mãe em São Paulo e passava férias com o pai em Cascavel.