Brasil

Garoto de 12 anos é suspeito de atropelar e matar pai com carro

Adolescente pode ser investigado por três crimes: homicídio culposo, lesão corporal culposa e por dirigir sem permissão

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

 Um adolescente de 12 anos é suspeito de matar o pai atropelado no último domingo (5), em Jumirim (SP). De acordo com a apuração do G1 Itapetinga e Região, o jovem pode ser investigado por três crimes: homicídio culposo, lesão corporal culposa e por dirigir sem permissão.

Foto: reprodução / TV TEM

Ao G1, a polícia informou que o pai, Luís Aparecido Rinaldi, estava em uma moto com um outro filho, de 3 anos, quando o automóvel e o carro dirigido pelo jovem se bateram.

Ainda conforme a apuração do jornal, o filho de 12 anos informou às autoridades que o pai ingeriu bebida alcoólica antes de dirigir a moto. Então, ele pegou o carro para encontrar o familiar.

Foto: reprodução / TV TEM
“O pai dessa criança teria pegado a motocicleta e saído dirigindo pela estrada rural. Um outro filho pegou um carro e, por motivos a serem esclarecidos, ele saiu ao encontro do pai e ocorreu a colisão frontal”, relatou ao G1 o Sargento da Polícia Militar, Irineu Aparecido Bruzarosco.

O pai morreu no local do acidente. O filho de 3 anos foi encaminhado ao hospital com ferimentos graves e o adolescente não se machucou.



Ao G1, a Promotoria da Vara da Infância e juventude disse que o caso está sendo analisado. Também ao jornal, a Polícia Civil informou que o jovem prestou depoimento e foi liberado.