Brasil

Gleici Damasceno tem o carro apreendido por IPVA atrasado e mais 11 multas

Automóvel é um dos prêmios que a acreana ganhou no programa, e foi entregue a ela em julho de 2018

Bia Rohen, da Agência O Globo

A ex-BBB Gleici Damasceno teve o carro apreendido por IPVA atrasado e onze multas, a maioria por excesso de velocidade. O débito da campeã da 18ª edição do reality é de R$ 1.274,64 de IPVA e R$ 126,93 da Taxa de Licenciamento, atrasados desde os meses de fevereiro e abril deste ano, respectivamente. O veículo, no modelo Cronos Sedan, de cor branca, está desde a noite de 19 de agosto encostado no pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), no Rio Branco, no Acre.

Ela ganhou R$ 1,5 milhão da edição 2018 do "Big Brother Brasil". O automóvel é um dos prêmios que a acreana ganhou no programa, e foi entregue a ela em julho de 2018. Das multas, duas foram registradas no Rio Branco e outras 9 numa rodovia federal do Rio de Janeiro. Apesar das infrações, Gleici não tem pontos na carteira.

Foto: reprodução / Instagram
Das multas no Rio Branco, uma foi no dia 28 de agosto de 2018, por excesso de velocidade, registrada por um radar. O valor da infração é R$ 911, 84, sem detalhamento. Já a outra infração ocorreu em 12 de fevereiro de 2019, na Avenida Chico Mendes, próximo ao Taquari. Entretanto, a infração foi assumida por Johnathan Lima da Silva, que foi autuado com 7 pontos na carteira por avançar o sinal vermelho. O valor da multa é de R$ 293,47.

As demais ocorreram no Rio de Janeiro, na BR-316, por excesso de velocidade. Somente no dia 1 de outubro de 2018, o carro de Gleici foi autuado por radares oito vezes, em vários trechos da rodovia. Cada uma das infrações registrou 5 pontos, porém o motorista não foi identificado. Proprietária do veículo, Gleici ainda é permissionária e não poderia ser multada no prazo de um ano até ser obter a CNH definitiva, prazo que termina nesta terça-feira. Cada infração no Rio registrou multa de R$ 156, e ainda estão no prazo para recurso.

O carro foi para o depósito na noite do acidente que acabou levando o ciclista Francisco de Assis Almeida de Lima, de 38 anos, a parar no Pronto-Socorro do Rio Branco. Na ocasião, seu ex-namorado, o também ex-BBB Wagner Santiago, conduzia o veículo. Quando os policiais isolaram o local, viram as pendências de Gleici. O acidente ainda não consta no sistema do Detran.
Carro de Gleici Damasceno | Foto: Ac24horas/Divulgação
Nesta segunda-feira, Gleici usou o Instagram para desabafar sobre os comentários negativos que recebe na internet. A vencedora da 18ª edição do "BBB" se abriu com seus seguidores nos stories e disse estar bem, apesar de estar emocionada: "Ver alguns comentários me chateiam, uns até de pessoas que eu conheço... afeta, machuca. Não é porque eu sou uma pessoa pública que eu tenho que aguentar tudo", disse.

Ela ainda falou sobre o termo "empatia": "Essa palavra se popularizou, mas praticar é muito difícil... as pessoas deveriam ter mais cuidado, ter responsabilidade emocional, se colocar no lugar do outro", falou.