Brasil

Governador Rui Costa lamenta afastamento de Dilma: 'triste momento da história'

A decisão de hoje permite ao Senado dar seguimento ao processo contra Dilma

Redação Correio 24h
- Atualizada em

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), lamentou o afastamento da presidente Dilma Rousseff na manhã desta quinta-feira (12) pelo Senado. Em nota, divulgada em seu perfil no Facebook, Costa disse que se trata de um triste momento da história do país e defendeu a petista.

Foto: Divulgação

"Manifesto minha solidariedade à presidente Dilma, que não cometeu nenhum ato ilícito que justificasse o processo de impeachment. O que aconteceu hoje foi mais um atentado à democracia. Uma violência contra a escolha de milhões de brasileiros. Estamos vivendo um triste momento da história do país, mas nada vai me abater a continuar defendendo a democracia e os legítimos interesses da Bahia".

A decisão de hoje permite ao Senado dar seguimento ao processo contra Dilma. A presidente será afastada do cargo por até 180 dias, período em que um novo parecer será elaborado, debatido e votado. Nesse período, o vice Michel Temer assumirá a presidência do país até o encerramento do processo.

Correio24horas