Brasil

Grávida que teve rosto desfigurado pelo ex é encontrada morta dias depois

Corpo foi achado por um funcionário de uma companhia de fornecimento de energia da cidade trabalhava no local

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Nesta quarta-feira (24), uma mulher grávida, de 34 anos, que teve o rosto desfigurado após ser espancada pelo ex-marido, foi encontrada morta em uma área de mata, no litoral de São Paulo. Não há informações sobre as circunstâncias que levaram a morte da vítima até o momento. As informações são do G1 São Paulo.

De acordo com a polícia, Vanessa Cosme de Jesus Pioker havia sido agredida dois dias antes de seu corpo ter sido encontrado. Na ocasião, além da vítima, a vizinha, de 57 anos, que tentou salvá-la ao escutar os gritos de socorro, foi espancada a pauladas pelo homem. Ele foi preso no mesmo dia e permanece à disposição da justiça por sequestro, cárcere privado, tentativa de homicídio e lesão corporal. 

A vítima foi levada para uma unidade de saúde por causa dos ferimentos. Depois de 48 horas, a polícia foi informada sobre o encontro do corpo dela em uma área de mata na Avenida Elias Gregov, bairro Balneário Xandu. 

O corpo foi achado por um funcionário de uma companhia de fornecimento de energia da cidade trabalhava na região. O local passou por perícia e o caso foi registro, só depois que o corpo foi identificado.