Brasil

Guarda civil é preso suspeito de se vestir de mulher para matar namorado da ex

Corpo da vítima foi encontrado ao lado de um mercado da cidade e haviam marcas de disparos de arma de fogo no corpo e no capacete do homem

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um guarda civil foi preso nesta segunda-feira (26), em Bela Vista de Goiás (GO), após ser acusado de se vestir de mulher para matar o namorado da ex, Lucas Pires. As informações são do G1 Goiás.

Lucas Pires foi morto a tiros por ex da namorada (foto: reprodução)
Ao G1, a guarda civil informou que  "está averiguando os fatos e vai se pronunciar quando tiver todas as informações levantadas". O portal de notícias não conseguiu entrar em contato com a defesa de William Davi.

De acordo com a apuração do G1, o corpo da vítima foi encontrado ao lado de um mercado da cidade e haviam marcas de disparos de arma de fogo no corpo e no capacete do homem. O crime aconteceu no dia 14 de outubro.

A ex-namorada do suspeito relatou à polícia que, dias antes do homicídio, William Davi, o suspeito havia feitos disparos contra a porta casa dela.