Brasil

Homem acusado de sete homicídios se passava por pastor e divulgava os crimes na internet

Polícia afirmo que ele é conhecido como 'Pepeu do Grau'

Redação iBahia (redaco@portalibahia.com.br)

Um homem de 25 anos, acusado de sete homicídios, foi preso nesta quarta-feira (15) na cidade de Teresina (PI). Segundo o major Audivan Nunes, coordenador da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI), Raianderson Dênis se passava por pastor em uma igreja evangélica. As informações são do portal G1 Piauí.

"Ele é conhecido como Pepeu do Grau. Estava atuando como um falso pastor evangélico, temos inclusive vídeo dele pregando. Ele estava sendo monitorado há algum tempo e fizemos a prisão", afirmou o major. Ainda em declaração ao G1, o major Audivan contou que após cometer os assassinatos o homem "divulgava" os crimes na internet. "Ele publicava texto dizendo 'mais um' em rede social".

De acordo com o G1, a prisão ocorreu durante operação da Força Tarefa da SSP com o 3º Distrito Policial, para captura de foragidos da justiça. O preso foi encaminhado para a Central de Flagrantes para os procedimentos legais e devem ficar à disposição da Justiça no sistema penintenciário do estado.